CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE-"MEMÓRIA'

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão.

Mas as coisas findas,
muito mais que lindas,
essas ficarão.

2 comentários:

André Benjamim

22 de março de 2009 23:26
Permalink this comment

1

disse...

olá james, não faço ideia... não sei se a Porto Editora manda para o Brasil ( http://www.wook.pt/product/product/id/1421861

desculpa a demora, mas sou um descuidado com os comentários (não tenho tempo, para responder a tempo e horas). abraço

1

disse...

obrigado,André.