À Deriva-de Heitor Dhalia(2009)

width="445" height="364">

'À Deriva' foi aplaudido de pé ontem,no Festival de Cannes durante cinco minutos.O filme conta a história despretensiosa de uma garota de 14 anos que descobre que o mundo não é sempre (ou quase nunca)como queremos.Até que enfim um filme que fala sobre os sentimentos das pessoas,não uma caricatura dos mesmos,um filme que conta uma história que já aconteceu com todos nós,que enfim fala de um país que não se resume a um drama social,à violência ou ao desrespeito ao ser humano.Um filme humanista(para desepero dos que pensam que somente a miséria moral ou material tem que ser mostrada).Estreia no Brasil em Setembro.

25 comentários:

Luciane

22 de maio de 2009 10:19
Permalink this comment

1

disse...

Deve ser lindo mesmo esse filme. Fiquei curiosa e esperarei setembro ansiosa!
Parabéns pelo blog!

Aidinha

22 de maio de 2009 15:01
Permalink this comment

1

disse...

Oi James!

É tão bom receber uma mensagem que nos trás ânimo!

Você comenta o filme e tem toda a razão quando fala do afastamento que há dos sentimentos humanos nas telas. È isso mesmo! Não tenho ido ao cinema, mas nas chamadas dos filmes que vemos na TV, mesmo fechada, há uma violenta carga de tanta coisa de mau gosto, que não se tem mais vontade de assisti-los.

Estou para pegar um na locadora que uma amiga me indicou e ela não perde nada de filmes, que é “A vida dos Outros”. Pelo nome, ao menos, parece tratar-se de algo humano, o que já estimula.

Sobre a parte III da minha história, demorei muito a postar porque andei relendo todas as cartas dele e isso mexeu muito comigo.
Penso até em colocar, um dia, como postagem uma carta na íntegra, mas ele às vezes fazia verdadeiros garranchos! Fico com pena de quem a queira ler!
É bom falar, escrever, pensar tudo sobre as pessoas que amamos. Embora em alguns casos, feridas não cicatrizem, vale lembrar!
Obrigada mais uma vez meu amigo.

Beijo
Aidinha

T@CITO/XANADU

22 de maio de 2009 15:16
Permalink this comment

1

disse...

Caro James!
Agradeço e retribuo a visia à xanadu poesias.Gostei muito do trabalho que fazes aqui, voltarei outras vezes para me atualizar.
Parabéns.
Tácito.
PS - Estarei editando o seu link por lá.

1

disse...

oi querido James, realmente promete este filme ainda mais a julgar pelo sucesso q anda fazendo lá em Cannes. É esperar sentembro e conferir. Ainda bem q o cinema brasileiro deu esta guinada. Chega de mostrar só miséria e violência. Beijão

Carla Martins

22 de maio de 2009 17:00
Permalink this comment

1

disse...

Olá! Obrigada pela visita!

Já estou linkando seu blog no meu! :)

Passarei sempre por aqui

Mayra

22 de maio de 2009 19:58
Permalink this comment

1

disse...

Olá James!
Obrigada pelo comentário e por está me seguindo. Também estou te seguindo.
Adorei seu blog.
Beijos

Cadinho RoCo

22 de maio de 2009 22:50
Permalink this comment

1

disse...

Deve ser um belo filme.
Cadinho RoCo

1

disse...

Bom dia(aqui em Portugal) James.Obrigada pela informação.Fiquei muito curiosa em relação ao filme.Quanto ao bolo depois de o fazer me diga se gostou.
Bom fim de semana.

Tucha

23 de maio de 2009 16:44
Permalink this comment

1

disse...

Vi a matéria sobre o filme e fiquei curiosa. Acho que o cinema brasileiro começa a descobrir os sentimento humanos, depois de dar destaque as nossas diferenças sociais e economicas.

james p.

23 de maio de 2009 16:53
Permalink this comment

1

disse...

Querida Luciane,enfim um filme com gente como a gente.Obrigado pela visita e pelo comentário.Abraços.

james p.

23 de maio de 2009 16:56
Permalink this comment

1

disse...

Querida Aidinha,a história de seu pai é comovente porque ele foi uma pessoa que lutou por seus ideais.Quantos hoje,pensam em verdadeiros ideais?Parabéns mais uma vez por esses posts.Grande abraço do james.

james p.

23 de maio de 2009 16:57
Permalink this comment

1

disse...

Tácito,é sempre bom encontrar blogs como o seu,mais uma vez parabéns.Estou linkando seu blog também.Grande abraço,volte sempre e muito obrigado.

james p.

23 de maio de 2009 16:59
Permalink this comment

1

disse...

Pauli,a verdade é que eu já não suporto mais um certo cinema brasileiro.Não é o caso de 'tapar o sol com a peneira',mas o Brasil é muito mais que favela e violência.Você é sempre muito bem vindo,meu amigo.Abração.

james p.

23 de maio de 2009 17:00
Permalink this comment

1

disse...

Carla,obrigado a você pela vista,pelo comentário.Estou linkando seu blog.Volte sempre e um grande abraço.

james p.

23 de maio de 2009 17:01
Permalink this comment

1

disse...

Mayra,o prazer é meu,minha cara.O meu cantinho é seu.Obrigado e um abraço do james.

james p.

23 de maio de 2009 17:02
Permalink this comment

1

disse...

Cadinho,obrigado pela visita e pelo comentário.Volte sempre.Grande abraço.

james p.

23 de maio de 2009 17:04
Permalink this comment

1

disse...

Margarida,vou fazer o bolo amanhã(domingo).te digo como ficou(rs).Pela receita,não tem jeito de ficar ruim.Obrigado querida e um abraço.

james p.

23 de maio de 2009 17:07
Permalink this comment

1

disse...

Tucha,também concordo que é hora de falarmos das pessoas que moram ali,no apartamento do lado,as pessoas que trabalham,amam,cuidam dos filhos,da casa,enfim,que fazem esse país.Obrigado pela visita e um abraço.

Úrsula Avner

23 de maio de 2009 18:10
Permalink this comment

1

disse...

Olá meu caro James, já ouvi falar neste filme e certamente irei assiti-lo quando chegar ao Brasil. Amo filmes, sobretudo quando transmitem mensagens de vida reflexivas e próximas da nossa realidade. Obrigada pelo carinho de sua visita e gentil comentário.

james p.

23 de maio de 2009 18:35
Permalink this comment

1

disse...

Ùrsula,espero que esteja aproveitando sua viagem.Obrigado pela visita.Abraço.

Sueli

23 de maio de 2009 20:08
Permalink this comment

1

disse...

E pretendo marcar presença na estréia. Parece ser, realmente, muito interessante. Um abraço!

james p.

23 de maio de 2009 21:01
Permalink this comment

1

disse...

Sueli,obrigado pela visita e pelo comentário.Volte sempre e um abraço

Eduardo Prado

25 de maio de 2009 01:15
Permalink this comment

1

disse...

Olá James, agradeço imensamente a visita ao meu blog. Qual a surpresa ao perceber que vc comenta sobre filmes no teu blog! Ótimo saber, estarei sempre por aqui! À deriva promete...
Abraço, já adicionei seu link!

Penetralia

25 de maio de 2009 18:57
Permalink this comment

1

disse...

Oi, James, a protagonista é linda!

james p.

25 de maio de 2009 20:11
Permalink this comment

1

disse...

Lúcio,e o filme parece ótimo também.Abração.