Poema Visual



                                                     imagem daqui

12 comentários:

Mauri Boffil

14 de setembro de 2009 09:49
Permalink this comment

1

disse...

que lindo...
um beijo sem palavras a vc ;)

Paulo Braccini

14 de setembro de 2009 10:15
Permalink this comment

1

disse...

perfeito querido ...

bjux tb em visual

;-)

Du

14 de setembro de 2009 12:04
Permalink this comment

1

disse...

Nossa, que poeminha perfeito, James!!!

Beijos de boa semana pra você, queridão!

Luciano A.Santos

14 de setembro de 2009 14:35
Permalink this comment

1

disse...

James, não há como negar ou contradizer o poema, tão verdadeiro ele é.

Grande abraço e boa semana.

1

disse...

Lindo.

aquele abraço

Cris Caetano

14 de setembro de 2009 21:48
Permalink this comment

1

disse...

Ui... sinto isso tanto! :)

Beijinhos

Alexandre Lucas

15 de setembro de 2009 01:10
Permalink this comment

1

disse...

Pena que não sejam todas.

Caio Abreu

15 de setembro de 2009 10:48
Permalink this comment

1

disse...

Com certeza! Há palavras que parecem ter vontade própria quando a ouvimos dependendo do momento...

respondendo à sua pergunta, não tenho twitter nao... ainda nao vi utilidade nessa ferramenta para meros mortais como eu rss... isso é coisa mais pra artista, celebridade, sei la... ja até postei falando sobre isso: http://caioabreumarques.blogspot.com/2009/04/o-que-voce-esta-fazendo.html

abçs

Bete

15 de setembro de 2009 16:42
Permalink this comment

1

disse...

Lindo!!
Bjs

Ariadna Garibaldi

16 de setembro de 2009 00:37
Permalink this comment

1

disse...

Belo poema... Diz tanto quanto um beijo!

Beijos

Ariadna

Valdeir Almeida

16 de setembro de 2009 06:16
Permalink this comment

1

disse...

Eu gosto de falar e ouvir sobre palavras e vê-las também, como neste poema visutal.

As palavras beijam, tocam, são sentidas. As palavras são anestésicas e sinestésicas. Poesia.

Abraços, James.

Rabisco

17 de setembro de 2009 20:14
Permalink this comment

1

disse...

Já conhecia este poema...
Mas este, é um daqueles que se podem ouvir ou ler todos os dias...
=)

Obrigado