Soneto 30-William Shakespeare


Quando à corte silente do pensar
Eu convoco as lembranças do passado,
Suspiro pelo que ontem fui buscar,
Chorando o tempo já desperdiçado,
Afogo olhar em lágrima, tão rara,
Por amigos que a morte anoiteceu;
Pranteio dor que o amor já superara,
Deplorando o que desapareceu.
Posso então lastimar o erro esquecido,
E de tais penas recontar as sagas,
Chorando o já chorado e já sofrido,
Tornando a pagar contas todas pagas.
Mas, amigo, se em ti penso um momento,
Vão-se as perdas e acaba o sofrimento
(Tradução-Arnaldo Poesia-aqui)

Ao amigo Henrique Hemídio(do Blog O Homem Elefante),que se foi tão cedo-IN MEMORIAM

7 comentários:

Valdeir Almeida

4 de outubro de 2009 21:21
Permalink this comment

1

disse...

James,

As lembranças podem ser amargas, mas os amigos apagam todos os traumas.

Que final de domingo feliz: este é o segundo poema de Shakespeare que leio em menos de 1 hora na blogosfera. O outro foi postado pelo blog da Alma inquieta.

James, abraços e uma excelente semana pra você.

Paulo Braccini

5 de outubro de 2009 09:26
Permalink this comment

1

disse...

sim James ... os amigos são o ombro onde nos deitamos para esquecer as amarguras ...

bjux

;-)

Cris Caetano

5 de outubro de 2009 23:17
Permalink this comment

1

disse...

Os amigos são o nosso porto seguro.

Beijinhos

Mauri Boffil

6 de outubro de 2009 15:39
Permalink this comment

1

disse...

Amigos... são nosso petróleo.
Quando se vão, são mais que simples lembranças... São sorrisos e nostalgias.
Bjs, espero que vc esteja bem.
TQM

jamesp.

7 de outubro de 2009 16:52
Permalink this comment

1

disse...

Valdeir,Paulo,Cris,mauri-Henrique se foi cedo,era um grabde poeat,que poderia ter folrecido para a nossa literatura e para si mesmo,mas -as coisas nem sempre verdadeiramnete acontecem como queremos.Um abraço.

Penetralia

12 de outubro de 2009 01:33
Permalink this comment

1

disse...

Ai, Ai, James, vc não acredita: tem uma pessoa indo ao meu blog e dizendo que Henrique assediava uma outra pessoa em São Paulo. Essa pessoa diz que ele forjou essa morte para escapar da denúncia policial recente que ela fez. Ele não estaria, morto, apenas dando um tempo e fazendo uma brincadeira de péssimo gosto.

Não sei o que é pior, sinceramente, já estou começando a rir da situação: se ele morreu, deixou uma pessoa que está ligando e mandando mensagens ameaçadoras via web...

Abraços do Lúcio Jr.

Penetralia

15 de outubro de 2009 12:16
Permalink this comment

1

disse...

Oi, James. Recentemente, o Fernando, amigo do Henrique, reafirmou sua versão.

O blog Homem Elefante foi excluído. Mistério...