Poesia-Despedida(de Alfred Tennyson)


Correnteza abaixo, riacho frio, para o mar,
a onda libertadora ela refere:
Não mais por ti meus passos irão,
para sempre e sempre 
Corrente, doce corrente, por gramado e prado
Um riacho, então, um rio:
Agora, por ti meus passos devem ir,
para sempre e sempre
 
Mas aqui suspirará vosso carvalho
E aqui vosso arbusto estremecerá
E aqui por ti zumbirão as abelhas
para sempre e sempre
 
Milhares de sois jorrarão sobre ti,
Milhares de luas rebrilharão;
Mas não por ti meus passos irão,
para sempre e sempre.
 
Alfred Tennyson "A Farewell" in "The Poetical Works of Alfred Tennyson"

2 comentários:

FOXX

29 de outubro de 2010 12:26
Permalink this comment

1

disse...

tradução sua?

Serginho Tavares

29 de outubro de 2010 17:54
Permalink this comment

1

disse...

lindo demais!