Verso obsessivo

"From the contagion of the world's slows stain
He is secure,and now can never mourn
A heart grown cold,a head grown grey in vain"
(Shelley-Adonais-XI)

Aqui,o grande Percy Shelley(1792-1822) fala do maior poeta inglês do século XIX,John Keats(1795-1821).Quando Keats morreu de tuberculose aos 26 anos,pobre e amargurado em Roma(nada de novo no mundo,infelizmente),Shelley escreveu a elegia Adonais em homenagem a ele,a quem amava e admirava.
Esses versos sempre me obsecaram por sua beleza e pelo uso preciso das palavras,o modo impressionante de falar da maturidade.Tentei traduzir,fiz vários esboços,mas cheguei à conclusão que não dá.Está além das palavras.Um dos grandes versos da poesia romântica inglesa do século XIX.Em poucas palavras,um retrato amargo da perda dos ideais da juventude.

                                                                    John Keats

2 comentários:

1

disse...

Chegada a Morte, John Keats
Disse-Lhe: "Matas-me? O.K.
Também eu Te matarei,
Vivendo além... Somos quites".

James, quanto tempo... Mas não o esqueci, amigo: mandei pelo correio novo livro, espero que do seu agrado. Abraços tigelíricos.

FOXX

17 de março de 2011 14:40
Permalink this comment

1

disse...

pq todo poeta inglês é o maior poeta inglês?