MARIA CALLAS(1923-1977)-LA MAMMA MORTA,DA ÓPERA ANDREA CHÉNIER.



Há quem não não goste de Maria Callas,mas para mim,é o que Paulo Francis disse:deve ser o que Ulisses ouviu,amarrado ao mastro,quando as sereias cantaram.De uma intensidade dramática rara hoje,nesse nosso mundo do" mais ou menos".Pungente,vibra todas as cordas da alma.

4 comentários:

# Min.

30 de março de 2009 17:12
Permalink this comment

1

disse...

OBRIGADA, novamente.


:))

talvez eu escreva, mas é difícil tirar minha mente das nuvens. haha


:*

Vanessa

30 de março de 2009 19:48
Permalink this comment

1

disse...

Caramba que voz, não?

Daniel Silva

30 de março de 2009 20:25
Permalink this comment

1

disse...

Gostei do que disse Paul Francis...
Maria Callas é indefinivel

Abraço grande

james penido

31 de março de 2009 09:00
Permalink this comment

1

disse...

Meus amigos,quando coneci callas,passei um tempo "intoxicado",ouvindo todos os dias(hehe),mas claro,passou.Vou,aos poucos ,colocar mais árias.obrigado a todos.abraços.