Blogagem Coletiva-Como você escolhe seus amigos?



A Mylla propôs essa blogagem  em homenagem aos seis meses de seu blog Idéias de Milene,e confesso que o assunto me intrigou.Desde muito cedo,os laços de amizade se estabelecem em função de afinidades,de gostos em comum,de reciprocidades.Não há como não se lembrar das tardes na escola,das excursões,dos brinquedos.
Mas a infância é um período em que relativamente somos muito protegidos pela família e,acredito,as amizades não assumem o caráter mais profundo que imprimos a elas a partir da adolescência.Aos 15 anos fui estudar fora da minha cidade,por escolha própria e começou aí um dos mais fantásticos períodos da minha vida.Longe de casa,adolescente,a solidão,no começo,me esmagava e me punha para baixo.Mas foi nessa época que descobri o poder real e imenso das amizades fiéis,do coração.Dessa época,há quase 30 anos,tenho 2 grandes amigos-irmãos,do coração e da alma.Acredito que adolescentes,imprimos muito do idealismo próprio da adolescência ás amizades,o que está longe de ser algo negativo.
A faculdade foi um tempo em que descobri que além das afinidades a amizade pode existir também dentro das diferenças,ás vezes até aparentemente inconciliáveis,de opinião.Se ser amigo fosse concordar com tudo que o outro pensa,certamente não teríamos nenhuma amizade aí.Da faculdade trouxe outro grupo inesquecível de amigos,dos quais só posso me orgulhar.
E a vida ,com suas tantas surpresas hora desagradáveis,e muitas vezes maravilhosas,nos traz,de repente,pessoas,que nos transformam de muitas formas,mesmo quando não percebemos.Acredito firmemente,que não escolhemos as amizades,que como tantos outros amores,nos vem do ocaso deslumbrante que é o próprio viver.Os amigos são os grandes hóspedes de nossos corações de nossas almas.
Imagem daqui

4 comentários:

Luciano A.Santos

26 de setembro de 2009 19:33
Permalink this comment

1

disse...

James,

Concordo plenamente quando diz que é na adolescência que as amizades assumem um caráter mais profundo, pois são tantas as mudanças, tantas as transformações, que somente quem também passa por elas é que pode nos entender.

Belo post. Abraços.

Mylla Galvão

27 de setembro de 2009 18:18
Permalink this comment

1

disse...

James,
Qdo escolhemos nossos amigos, podemos selecionar da melhor forma possível aqueles que vão permanecer para sempre junto da gente e evita decepções tb...
Belo post o seu... Obrigado pela participação!
bjs

Vanessa

27 de setembro de 2009 18:25
Permalink this comment

1

disse...

Oi, James, belo texto. Muito obrigada por aderir à coletiva vida de Escritor.

Abraço e bom fim de domingo

Mauri Boffil

27 de setembro de 2009 21:03
Permalink this comment

1

disse...

Nada como as amizades...
E é importante saber escolhê-las