The Fool on the Hill-The Beatles(1967)


Day after day alone on the hill
The man with the foolish grin is keeping perfectly still
But nobody wants to know him
They can see that he's just a fool
And he never gives an answer
But the fool on the hill
Sees the sun going down
And the eyes in his head
See the world spinning around
Well on his way his head in a cloud
The man of a thousand voices talking perfectly loud
But nobody ever hears him
Or the sound he appears to make
And he never seems to notice
But the fool on the hill
Sees the sun going down
And the eyes in his head
See the world spinning around
And nobody seems to like him
They can tell what he wants to do
And he never shows his feelings
But the fool on the hill
Sees the sun going down
And the eyes in his head
See the world spinning around
Round and round and round
He never listens to them
He knows that they're the fools
The don't like him
But the fool on the hill
Sees the sun going down
And the eyes in his head
See the world spinning around





"The Fool on the Hill"com sua melodia pungente e cantada com uma tristeza imensa por Mc Cartney é uma das mais belas canções-baladas dos Fab four.Mais uma prova,que se absolutamente revolucionários nos super revolucionários anos 60,os Beatles,continuam,mais de 40 anos depois a provarem que são realmente o que de melhor se produziu no pop-rock,em todos os tempos.Um monumento à inteligência e á sensibilidade.Viva os Beatles-forever!

5 comentários:

Paulo Braccini

3 de novembro de 2009 11:37
Permalink this comment

1

disse...

Beatles Forever ... meus ídolos maiores sem dúvida ...

bjux

;-)

Mauri Boffil

3 de novembro de 2009 16:05
Permalink this comment

1

disse...

I love los Beatles (mas prefiro os Rolling Stones)(

Cris Caetano

4 de novembro de 2009 12:33
Permalink this comment

1

disse...

Gosto demais de Beatles... costumava tocar no recreio do colégio. ;)

Esta é uma das liiiindas.

Beijinhos, querido

1

disse...

"Dia após dia, sozinho,
Louco andarilho dos montes...
Dores, tristezas aos montes:
Eu, Quixote sem moinhos..."

...........................

James, saiu finalmente a edição setembro-outubro do Jornal Volante. Eu venho postando o poema A Roda da Fortuna, mas na verdade apenas agora estou de posse dos exemplares impressos. Amanhã, como de costume, o jornal estará a caminho de sua casa. Abraços tigelíricos.

Alexandre Lucas

5 de novembro de 2009 00:15
Permalink this comment

1

disse...

Esta música foi-me apresentada há mais de 10 anos por um casal de amigos fantástico. Obrigado pela lembrança feliz!