A Queda do Muro de Berlim-Ou -"Sejam realistas,peçam o impossível"(um dos slogans de Maio de 68)



Às vezes,de repente a história se faz não em um processo,mas em um jato.Quando os seres humanos atingem o limite de sua humilhação?Quando forças que mal conhecemos se movem dentro desse continuum chamado história da humanidade?Realmente,muitas perguntas sem respostas.Muitos muros já cairam,outros estão sendo erguidos.Mas a humanidade tem talvez um força desconhecida que a move nos momentos mais improváveis.Os alemães,às cegas,arriscaram-se a ser realistas e pedirem o impossível.E a força da história mesmo com todos os seus horrores e massacres se fez forte e derrubou mais um marco da humilhação do homem pelo homem.Outros muros,físicos e mentais,reais e simbólicos aguardam o seu fim.Esperemos pelo veredito da história,que sempre caminha,porque é feita,em última instância por nós mesmos.

O vídeo é longo,mas assistam,vale a pena.

7 comentários:

Penetralia

7 de novembro de 2009 18:12
Permalink this comment

1

disse...

Oi, James. Fico feliz pela queda do muro, fiquei tb. Depois fiquei sabendo que os alemães ocidentais compraram noventa por cento dos imóveis do lado oriental, numa ocupação colonial...é triste, né?

A luta continua. Por onde anda o Gorby, o simpático estadista-desastre? Eu vi que ele fez um filme do Wim Wenders e estava na Itália, vc tem informações?

Penetralia

7 de novembro de 2009 18:13
Permalink this comment

1

disse...

E outra, James: o que é aquilo do blog da Yoani? É mantido pela CIA? Os comentadores em português são estilo Reinaldo Azevedo! Veja só o tom do cara lá no meu blog. Vade retro!

Cris Caetano

7 de novembro de 2009 20:51
Permalink this comment

1

disse...

Somos mesmo responsáveis por tantos muros que existem... é preciso estarmos atentos, procurá-los dentro de nós e nos esforçarmos pra derrubá-los... eu já ergui alguns e derrubei outros tantos, estou sempre em vigília...

Beijinhos

Paulo Braccini

8 de novembro de 2009 07:58
Permalink this comment

1

disse...

Viva a Liberdade!

bjux

;-)

Luciano A.Santos

9 de novembro de 2009 10:00
Permalink this comment

1

disse...

James,

Li recentemente que o muro físico caiu, mas ainda permanece viva uma barreira cultural e econômica: o lado oriental ainda é mais pobre, menos desenvolvido culturalmente, e mais esquecido pelo governo. Parece que foi bem mais fácil fazer ruir o concreto.

Abraços.

Mauri Boffil

9 de novembro de 2009 14:50
Permalink this comment

1

disse...

eu vi isso na tv...
sera que to velho?

Valdeir Almeida

11 de novembro de 2009 15:43
Permalink this comment

1

disse...

James,

De fato, são as pontes que exitem ha humanidade ainda são o suficiente para destruir os inúmeros muros que, sólidos, insistem em parmanecerem em pé.

A queda do muro de Berlim significou não apenas o declive do socialismo opressor, mas também um convite para se refletir que existem muitos muros, mundo a fora que precisam ser derrubados.

Abraços