Os cacos de vidro e os cacos da consciência-Homofobia e desigualdade

Os jovens que agrediram esse final de semana os rapazes gays na Avenida Paulista foram libertados.
Só essa frase causa um arrepio.Então,usar cacos de vidro para agredir pessoas não é um crime suficiente para ficar detido,embora se você for pobre e negro,e roubar um pote de manteiga,se arrisca a passar até anos atrás das grades.
O ato dos playboyzinhos paulistanos em si é um tratado da educação(?) que certas camadas da classe média/alta brasileira recebe-educados em 'bolhas',distantes da realidade do povo e das 'minorias',são ensinados a ter horror a tudo que não cheira a seu mundinho claustrofóbico de condomínio fechado.Pobres,gays,negros,deficientes, são uma outra categoria de pessoas-são os estranhos,os que devem ser
desprezados,inclusive por existirem e 'manchar' seu mundo cor de rosa.
Muito dessa mentalidade se deve à essa própria classe média,que sempre apoiou com unhas e dentes o país do 'elevador social',do 'cubículo de empregada',do porteiro-salário mínimo,da casa grande e senzala.E claro,são contra a elevação do salário mínimo,são contra o bolsa família,são contra a criminalização da homofobia,e socorro!! arqui-inimigos do casamento gay-essa aberração!!E assim,é com essa mentalidade que esses garotos são educados e a justiça faz sua parte,ao passar a mão na cabeça desses monstrinhos.Gostaria que alguém pudesse me convencer que se fossem pobres e/ou negros esses rapazes não estariam ainda presos.
O país continua basicamente a ter duas justiças:uma para as classes A/B,outra para o "resto".
É de causar pavor que a mãe de um dos envolvidos,tente justificar o injustificável,assim passando o recibo da péssima educação que essa gente dá a seus filhos.O advogado disse que os rapazes sofreram 'uma agressão,uma ameaça,uma paquera'.É essa a mentalidade vigente.
Ainda não vi a estridente turma do "Cansei" pedindo o fim desse tipo de violência,ainda não vi a OAB se pronunciar,ainda não vi os tais blogs 'progressistas' se manifestarem.Isso tudo prova como a homofobia permeia o tecido social.Verdade seja dita,se fosse um crime envolvendo racismo ou sexismo,a gritaria já se faria (com muita justiça) se ouvir.Mas...

O movimento gay também precisa deixar um pouco as festas de lado e se posicionar como entidade política-exigir mesmo igualdade de direitos.Menos retórica e mais ação.Porque esses cacos estão na nossa consciência.E esses garotos nunca vão se esquecer disso.Chega de os gays serem cidadãos de segunda nesse país.Que a constituição seja cumprida.PARA TODOS.

12 comentários:

FOXX

16 de novembro de 2010 10:41
Permalink this comment

1

disse...

terminei o texto arrepiado
arrepiado e com mto medo.

Paulo Braccini

16 de novembro de 2010 12:04
Permalink this comment

1

disse...

até quando assistiremos impassíveis a tudo isto? uma vergonha!!!
espero q D. Dilma honre a sua biografia e confira o seu total apoio à causa da criminalização dos atos de homofobia ...

bjux

;-)

Vanessa

16 de novembro de 2010 12:58
Permalink this comment

1

disse...

Pois é James, e na mesma noite aqui no Rio , logo após a parada gay, um rapaz foi baleado na barriga por um militar do exercito por estar namorando no arpoador. É tão nojento isso. Dá uma tristeza e vergonha de uma sociedade assim, esquizofrênica.

bjs

Mylla Galvão

16 de novembro de 2010 13:06
Permalink this comment

1

disse...

James,
Isso me entristece tanto!
Não acredito na dilma e nem acho q ela possa resolver alguma coisa!
Isso vai de cada um!
Se respeitamos tanta coisa, pq não respeitar o direito dos Gays?
Aqui, em Viçosa(MG) houve uma passeata gay em setembro. POis bem... aqui todas as festas terminam com pancadaria e confusão...
Nessa porém ocorreu o inusitado. Não houve uma confusão e nenhuma briga...
O q mais houve? RESPEITO!
é O Q FALTA A ALGUNS JOVENS HJ EM DIA!

ADOREI O POST!
bjo

Serginho Tavares

16 de novembro de 2010 15:12
Permalink this comment

1

disse...

os gays estão mais preocupados com festas, agito e causar em cima de um trio de sunga prateada do que com a homofobia
a verdade é essa

digitaqueeuteleio

16 de novembro de 2010 17:32
Permalink this comment

1

disse...

Eu não duvido muito se isso virar motivo de "piada" no "humor" azedo do Casseta & Planeta. Cada dia está mais complicado entender o ser humano, e cada vez menos as pessoas se colocam no lugar da outra. É como você disse, é a "educação" que recebem, a pseudo-educação, melhor dizendo.

Um abraço.
Marcelo.

Cris Caetano

16 de novembro de 2010 19:19
Permalink this comment

1

disse...

Querido, acho que o buraco é mais fundo, percebo o preconceito atingindo várias classes da nossa sociedade, infelizmente.

O que não é admissível é que ainda não se puna devidamente um ato desses.

Beijos

Caio Lima

16 de novembro de 2010 19:25
Permalink this comment

1

disse...

Só de ver essa foto ai, com o cara arrebentado e com olhar triste, sei lá, não sei explicar. É muito ruim. Pra que tanto ódio?

Concordo em genero, número e grau. A gente precisa extirpar o preconceito contra pobre, beneficiários do bolsa-família, homossexuais, nordestinos, maconheiros etc.

Bom, enquanto a homofobia não for considerada crime, esses playboyzinhos FDP continuarão sendo libertados.
A sociedade tem que pressionar o congresso para aprovar essa lei.

abraço paz
fui

Cirilo Vargas

17 de novembro de 2010 00:57
Permalink this comment

1

disse...

Penso que mudar lei não é o principal. O problema é de tomada de consciência. Tanto é que o Brasil é a terra das leis que 'não pegam'. Enquanto nossa sociedade viver com esse ranço horroroso de classe média, falsa liberal e hipócrita, não vamos para a frente. Um abraço.
Cirilo.
blogatauro.blogspot.com

Luciano A.Santos

17 de novembro de 2010 08:28
Permalink this comment

1

disse...

James,

Enquanto o maior evento gay deste país for um Carnaval fora de época, as coisas não vão evoluir. Isso é fato. A agressão ocorrida em São Paulo - e no Rio, como bem lembrou a Vanessa - são retratos de nossa sociedade hoje, e das políticas propostas pelos governantes - como a insistência na recusa ao direito da união civil homossexual. Quando vamos avançar? Não sei. Agora teremos mais 4 anos de um governo que se alinha com gente do calibre de Hugo Cháves, Evo Morales e ao assombroso Irã. Nenhum destes são exemplos de democratas, apesar de se fazerem portadores da verdade absoluta, mesmo que por meio da força e da repressão. Só nos basta torcer para que algo de novo e bom se aviste no horizonte. Viver no esgoto, escondido, é que não dá.

Abraços.

Serginho Tavares

18 de novembro de 2010 15:21
Permalink this comment

1

disse...

tem presente pro senhor em meu log querido
passa lá

beijos

Tucha

19 de novembro de 2010 16:20
Permalink this comment

1

disse...

Vi o vídeo da agressão na
TV e fiquei tão indiguinado quanto vc, incrivel como fatos como este ocorrem a todo momento, nas ruas do país e nada seja feito. E por conta desta ímpunidade a violência perdure.